Gente gentee! Tudo bom com vocês? Comigo está tudo ótimo, muito obrigada pela preocupação de sempre. Nesse post venho compartilhar…

Gente gentee, e ai.. tudo bem com vocês? O assunto de hoje é um que eu gosto pouco (risos). Desde…

A Saga Crepúsculo fez parte da minha vida assim como de outras milhões de pessoas aos redor do mundo. Em…

GENTE GENTEEE, olá! Aqui estou eu, linda e plena (AQUELAS AHHAHA) para indicar alguns filmes para vocês. Quem me acompanha…

“Não importa o mal que te atormenta, se o sonho te contenta e pode se realizar”

Com essa frase, Cinderella se tornou um dos filmes mais marcantes e emocionantes da minha vida. Uma menina que apenas com coragem e gentileza consegue fugir das garras de uma madrasta cruel e suas filhas más. Mais um filme que a Disney arrebentou na adaptação! Diferente de malévola, esse Live-action não teve mudanças muito bruscas, tudo que tem no desenho, tem no filme. Estou apaixonada por esse filme e vou contar mais pra vocês aqui no vídeo:



Um filme clássico da nossa infância ganhou vida. Cinderella é o novo Live-Action da Disney e veio com tudo. Todo mundo conhece a história da menina que perdeu o pai e caiu nas garras de sua madrasta má e suas irmãs perversas. Como era de se esperar, o filme contou com pequenas mudanças, não tão grandes como em Malévola, mas algumas explicações que “faltaram” no desenho.

Nessa adaptação podemos conhecer mais sobre o passado de “Ella”, saber mais sobre seus pais e suas crenças. A mãe de Ella faleceu quando ela era uma criança e seu pai que a criou. A menina sempre acreditou que ser gentil e corajosa era a chave para uma vida maravilhosa. E é claro, tudo isso com um pouco de magia. Ella cresceu e se mostrou uma mulher doce, carinhosa e prestativa. Ajudava seu pai na fazenda, tinha um carinho especial por todos os animais, principalmente seus amiguinhos roedores (que também falam no filme).
 
fdl3

O pai de Ella conhece uma nova pessoas e decide a trazer para morar junto com eles. Um mulher muito bonita, com duas filhas não tão bonitas assim. Ella as recebeu com toda a simpatia do mundo, mas as 3 não mostraram tanta felicidade assim. A madrasta e as meninas faziam Ella de serviçal, como seu pai vivia viajando para comprar e vender coisas, quase nunca estava em casa para defende-la, mas a menina nunca se importou porque gostava de ser gentil e ajudar.

Até que um dia, o pai de Ella não voltou para casa e ela recebeu a notícia de que ele havia adoecido durante a viagem e falecido. A menina ficou arrasada e a madrasta se aproveitou disso. Com a verba menor, todos os empregados da fazenda foram dispensados e Ella tinha que fazer todas as tarefas, lavar, passar, cozinhar, costurar e etc. Ela não ligava muito e, na verdade, até gostava porque a fazia esquecer a dor da perda de seu pai.

Em uma tarde, Ella resolve andar a cavalo e encontra um homem caçando. Ela fala com ele para deixar o animal em paz e o rapaz se encanta com suas palavras. Vocês já podem imaginar quem é esse rapaz não é mesmo? Pois bem, Ella não tinha a mínima ideia de quem era e por sua vez, ele se apresentou como Keats, disse que morava no palácio, mas era apenas um aprendiz ainda aprendendo o seu ofício.
 
fdlw

Dias se passaram e o palácio anunciou um baile para que o príncipe escolhesse a sua noiva. Keats não conseguia tirar Ella da cabeça, então ordenou que todas as jovens do reino fossem convidadas, na esperança de rever a bela menina. A madrasta e sua filhas mandaram fazer vestidos caros para a ocasião, mas não deixaram Ella ir porque não tinha um traje adequado. A propósito, Cinderella foi um nome criado pelas suas irmãs postiças, assim como gata borralheira.

Ella sobe para o seu quarto e personaliza um antigo vestido de sua mãe, mas antes de sair, a madrasta o rasga e Cinderella sai correndo para o jardim desnorteada. Ela sempre acreditou em fadas madrinhas, assim como sua mãe acreditava, então a sua fada madrinha apareceu para ajudar. Deu a Ella um vestido maravilhoso, uma carruagem e tudo mais. A menina tinha até a meia noite antes da magia acabar. Cinderella foi ao baile, chegando atrasada, todas as meninas já tinham sido anunciadas e já estavam no grande salão.

Assim, Ella entrou e todas olharam para ela, principalmente o príncipe. Keats abriu um sorriso de ponta a ponta do rosto e logo tirou a menina para dançar e depois a mostrou sua parte preferida do castelo. Ao badalar da meia noite, Ella precisa sair correndo e deixa seu sapatinho para trás.
 
fdle3
 
Todos estão se perguntando quem era a “Princesa misteriosa”, mas a madrasta é a primeira a descobrir e quebra o sapatinho de Cinderella. Ela também vai ao castelo fazer um trato com um dos funcionários dos rei, exige um título de condessa e casamentos valiosos para suas filhas e em troca, esconderia Cinderella do príncipe.

O rei queria que o príncipe se casasse com uma princesa, por motivos de interesses, mas Keats estava apaixonado. 

Então o rei fez um acordo, que se não encontrasse a menina, o príncipe deveria se casar com uma princesa. O príncipe concordou. Entretanto, o funcionário mais próximo do rei não gostou dessa notícia, pois achava que era obrigação do príncipe se casar com uma princesa para ajudar seu reino, sendo assim, fechou o trato com a madrasta de Cinderella.

Os guardas reais procuraram por toda parte, colocaram o sapatinho no pé de todas as moças do reino, mas não encontravam a dona do mesmo. A última casa foi a de Cinderella. A madrasta apresentou as guardar as suas filhas
mas o sapatinho, como era de se esperar, também não deu em ambas. Então o guarda perguntou se não tinha mais nenhuma moça naquela casa e a madrasta negou.

Até que todos começaram a ouvir o canto de Cinderella, a madrasta tentou impedir que subissem, mas o príncipe chegou e a intimou.
 
ssa
 
Cinderella desceu e Keats já sabia que era ela. Eles deram as mãos e foram em direção a porta, mas antes disso, Ella se virou para a madrasta e disse: Eu te perdoo. Ella e Keats se casaram e a madrasta foi para outro reino e não podia mais voltar. O príncipe finalmente encontrou a sua princesa e se casou por amor. O reino nunca teve governantes tão justos e gentis como aqueles. E todos eles foram felizes para sempre.

O filme passa o tempo toda a mensagem que precisamos ser gentis e ter coragem, quem é bom de coração sempre vencerá todo o mal, rancor e inveja. Acho lindo a Disney passar essa mensagem, ainda mais no mundo em que vivemos, com tanta violência e onde as crianças estão crescendo muito mais rápido. Me emocionei muito e meu amor pelos filmes da Disney é sem tamanho.

E ai, já assistiu ou pretende assistir? Comente.

22.abr.2015 por

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários

no instagram